Uma cerimônia de casamento celebrada de um jeito diferente 1


Casamento alternativo: noivos rindo no altar e noivo com terno rosa. Aidan Dockery

Foto: Aidan Dockery.

Ok, você resolveu que seu casamento vai fugir do comum. Igreja não faz muito a sua cara e chamar um juiz de paz para falar aquelas palavras duras por cinco minutos, também não. Qual o caminho para a sua cerimônia alternativa?

Nas minhas andanças em busca do casamento alternativo perfeito, encontrei algumas referências de quem fica responsável por celebrar a cerimônia.

Alguns anos atrás, uma amiga casou e eu não sabia como seria até chegar lá. Entre um monte de decisões não tradicionais, ela decidiu entregar a celebração nas mãos da irmã e dos cunhados. Todos os 3 são extrovertidos, falam bem e… foi um sucesso. Super emocionante.

Outra opção é pedir para a cerimônia ser tocada por grupos de padrinhos. Por exemplo: os que são da família, os amigos do noivo, os da noiva… Nesse caso, como seriam várias pessoas, você precisaria escolher um líder.

Hoje, é mais comum encontrar também celebrantes. São pessoas com experiência em tocar eventos, que desenvolvem cada um a sua técnica para tornar aquele momento perfeito.

Tem os um pouco mais religiosos, os ecumênicos (que misturam várias tradições) e os que levam tudo de acordo com o que for a cara do casal. Minha opção foi essa. Meu celebrante ouviu minha história e do meu noivo, está montando um script e vai mostrar para aprovarmos ou não. Para ficar mais pessoal, decidimos escrever nossos votos também.

Encontrar esse tipo de fornecedor não é difícil, mas lembre-se de pedir videos, buscar referências, revisar o script e tudo o que você puder antes do dia. Eu mesma já presenciei casamentos com noivos menos atentos e que, graças ao celebrante, não foram nada emocionantes. Além de rolar aquela vergonha alheia dos convidados…

Se vocês tiverem mais ideias de como celebrar um casamento fora do comum, compartilhem, hein? Até semana que vem!


sobre Natane Tamasauskas

Um pouco de jornalista, um pouco de publicitária. Uma noiva, que nunca se imaginou noiva, mas que se rendeu à ideia de partilhar um pouquinho da felicidade de ter encontrado o amor.


Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

um comentário em “Uma cerimônia de casamento celebrada de um jeito diferente

  • Viviane Carlotti

    Tem também os casamentos celtas!
    Não são ligados a nenhuma religião e são bem emocionantes!
    Fui em um casamento assim no ano passado e foi maravilhoso!