Os mandamentos do casamento econômico

Casamento econômico

Casar envolve gasto, vocês bem sabem. Mas seu casamento não precisa terminar em dívida… Com planejamento, criatividade e foco, é possível realizar seu sonho dentro da sua realidade financeira. Listei aqui algumas dicas que considero os mandamentos do casamento econômico para ajudar vocês a chegarem lá!

1) Sonhem alto, com o pé no chão

A matéria-prima do casamento é sonho. Mas o que dá liga mesmo é o pé no chão. Saibam exatamente qual é o orçamento de vocês e sejam fiéis a ele. Nada de quererem dar uma festa que não condiz com sua realidade financeira e entrarem no casamento cheios de dívida! É possível casar lindamente dentro de qualquer orçamento, acreditem!

2) DIY – Botem a mão na massa

DIY (“Faça você mesmo”, em inglês) é um dos truques para economizar no casamento. Fazendo vocês mesmos alguns dos itens, o gasto diminui e, de quebra, as coisas ganham um toque pessoal, já que foram feitas à mão pelos noivos (como no casamento da Débora). Dá pra fazer em casa o convite do casamento, os boutonnières, os docinhos, até o bolo (como a Glauce, da foto, que fez o próprio bolo de casamento).

3) Organizem-se

Um dos erros mais comuns dos noivos é não perder o controle dos gastos e acabar gastando mais do que queria com supérfluos e sofrendo depois com gastos necessários que estouram o orçamento. Tenham uma planilha de controle de gastos com duas colunas: planejado e realizado. Assim, vocês conseguem ir controlando a cada novo gasto e perceber quando é hora de tomar alguma decisão.

4) Simplifiquem

Reparem: é nos pequenos “upgrades” que estão os maiores gastos do casamento. O bem-casado com embalagem simples custa x, com embalagem especial, 2x. O cardápio básico custa x, com mais opções, 2x. Isso acontece em todas as áreas: decoração, comida, convites, docinhos, Dia da Noiva, tudo. E, muitas vezes, o gasto extra não condiz com o “upgrade”. Quanto mais vocês simplificarem, mais vão economizar!

5) Pensem no futuro

Quando planejamos nosso casamento, a gente só consegue pensar no altar e na festa. Todos os nossos fornecedores fazem questão de reforçar que se trata do dia mais especial das nossas vidas. Mas o que eles não nos lembram é que os noivos começam uma nova jornada depois de se casarem. Quando começamos a pensar na casa nova, com suas contas a pagar, percebemos o quanto certos gastos do casamento são dispensáveis. Quando estiverem em dúvida em relação a algum gasto, pensem em tudo que poderiam comprar para a casa nova, ou em quantas prestações do financiamento ou aluguel poderiam quitar, e avaliem se vale a pena!

Foto: casamento da leitora Glauce, que economizou com estas dicas e conseguiu se casar dentro do orçamento!

Facebook Comments

9 thoughts on “Os mandamentos do casamento econômico”

  1. Fran Huesa disse:

    adorei as dicas…e mto uteis…vou usar todas com certeza…

    bjuu

    respireecase.blogspot.com.br

  2. Adorei as dicas, concordo com vc sobre o pé no chão!

    Posso publicar esse texto no meu blog?

    bjs

  3. gabi disse:

    Oie, adorei as dicas!
    Como é o nome da flor do buquê da foto?

    E por falar em flores, buquês, estou precisando de um post sobre esse assunto. Flores que ficam bem em vasinhos e flores que ficam bem em garrafinhas.
    um beeeeijo!

  4. Oi, Gabi! Acredito que são cravos brancos e rosas no buquê da Glauce… Temos dois posts que você pode gostar: Decoração de casamento sustentável com garrafas e Decoração de casamento rústica com garrafinhas.

  5. Taiane disse:

    Super 10 essas dicas!

  6. Ana Paula Da Silva disse:

    Queria me casar pois esse sempre foi o grande sonho de minha vida
    Já vivo com meu marido a 14 anos e não somos casados no papel
    Sempre quisemos o mesmo …..formalizar o casamento
    Mas qdo começamos a falar sobre o assunto logo tocamos no gasto q vamos ter
    Será que vc não podia nós dar algumas dicas pra tornar isso possível em nossas vidas
    Obrigado desde já.

  7. Cíntia Costa disse:

    Oi, Ana Paula! Minha dica é que vocês comecem o planejamento pelo orçamento (veja este post: Definindo o Orçamento do seu Casamento). Façam as contas e vejam quanto dinheiro vocês podem gastar (e quanto tempo vai levar para juntar esse dinheiro, isso é fundamental para marcar a data). Daí, quanto mais vocês simplificarem a celebração e botarem a mão na massa (já viu nossa seção Faça Você Mesma?), mais vai conseguir economizar. Outra dica de ouro: lá no Casando Sem Grana, tem uma seção de Casamentos Reais e Econômicos, com muitas noivas que casaram gastando quase nada, que pode te inspirar!! Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *