Reflexão: Por que é tão caro casar?

Por que é tão caro casar?Você provavelmente chegou a esse blog em busca de soluções mirabolantes para fazer com que o casamento do seus sonhos caiba no seu bolso.

Está numa espécie de encruzilhada: você cotou preços por aí e viu que suas opções parecem ser pagar uma fortuna por um casamento lindo ou economizar e servir coxinha numa festa de fundo de quintal.

Eu me caso 2009. De vez em quando me bate um desânimo em relação ao orçamento, lembro do dinheiro que gastamos e de tudo que ainda falta pagar e eu penso: por que raios é tão caro casar? Minha opinião é que perdemos o foco.

A essência do casamento
Uma casamento é, na essência, uma cerimônia religiosa em que os noivos se unem formando uma nova família diante de Deus e testemunhas. Meu primo Daniel disse que na igreja dele, alguns casais fazem isso no meio do culto. O líder da comunidade diz “Fulano e Ciclana de tal decidiram se casar. Fulano, você aceita Ciclana…”. Os dois dizem sim, selam o pacto com um beijo e acabou – estão casados.

Papel vergé, para fazer convites em casa

Ok, para muitas pessoas (como eu), o momento pede mais comemoração. Mas por que a tal comemoração custa tantos mil Reais? Nós noivos adiamos os planos, entramos no cartão de crédito, pedimos ajuda aos pais, passamos o maior aperto e brigamos tanto porque acreditamos que uma ocasião tão especial merece esse sacrifício.

Mas para onde vai o fruto de tanto esforço? A verdade é que os padrões que hoje conhecemos (cerimônia na igreja, festa no buffet e serviços profissionais de foto & vídeo, decoração, assessoria etc.) devem ser vistos como uma sugestão. Pensar que somente nesses moldes o casamento é “decente” é cair na cilada da “indústria dos sonhos” formada por fornecedores interessados no consumismo dos noivos.

Combinando com a realidade dos noivos
Assim como as festas de aniversários e outras celebrações, nada mais lógico que a festa de casamento combinar com o padrão de vida dos noivos. Se nunca tiveram dinheiro, por que é que justo agora teriam de arrumar? É inclusive imprudente fazer um evento fora do seu orçamento.

Com uma mega-produção, o casal talvez consiga agradar à maioria dos convidados, mas depois que a festa acabar, terão de lidar com as contas sozinhos, sem nenhuma ajuda das pessoas com cuja opinião se importaram tanto.

Então, sugiro que você pare um momento para repensar seus planos. Pense no que é realmente essencial e o que é dispensável. O casamento não cabe no bolso? Simplifique. Este blog está cheio de idéias para tornar a coisa toda mais econômica sem abrir mão da alegria e do romantismo. Navegue de coração aberto, a mente focada na real essência da celebração do casamento e reflita seriamente sobre as dicas.

No fim das contas, o que conta é alegria de vocês e dos convidados.

Loading comments...