Lua-de-mel em Paris: restaurantes e culinária francesa

Lua-de-mel em Paris: Café da manhã em Paris: croissant e baguete!Continuando nossa série de posts sobre lua-de-mel em Paris, hoje vou escrever um pouco sobre restaurantes para jantares românticos (e cafés-da-manhã também!) e sobre os pratos da culinária francesa que vocês não podem deixar de provar na cidade luz!

O que comer

No café da manhã, optem pelo croissant. Em Paris, os croissants não são recheados, mas tem uma massa tão saborosa, crocante e macia que vocês nunca mais vão esquecer… Outra dica é comprar manteiga no mercado e, no fim do dia, uma baguete na boulangerie mais próxima, como fazem os parisienses. Sai mais barato e os pães por lá são mega gostosos!

Nos dias de passeios longos, eu não costumo sentar para almoçar em restaurante… Prefiro lanches rápidos nos cafés ou algo que eu possa comer andado para aproveitar bem o dia! Em Paris, existem muitos quiosques de sanduíches deliciosos com baguete (os com queijo ou presunto cru são incríveis). Se vocês preferirem descansar um pouco, sentem em um café e peçam o croque monsieur, uma espécie de misto quente coberto com queijo ralado e molho branco e gratinado, de comer com garfo e faca, uma perdição típica da culinária francesa.

Lua-de-mel em Paris: Macarons da Ladurée em Paris. Foto: quirkylifestyle no Instagram.

Foto: quirkylifestyle.

Os docinhos franceses também são famosos por serem deliciosos… Nas ruas, a gente sente o cheiro maravilhoso dos marrons chauds, castanhas sendo tostadas e cobertas com chocolate (ao estilo nut bavarian). Não deixem de passar em uma Ladurée para provar os melhores (e mais charmosos) macarons do mundo (e pra pirar na lojinha de souvenires)! Mas o melhor está nas patisseries, as lojinhas de doces artesanais que vocês encontrarão em cada esquina… Tortas, pains au chocolate, bolos, tudo é delicioso… E como as porções francesas são pequenas, não tem espaço pra culpa! 🙂 

Nos menus de doces dos restaurantes, procurem créme brulée (creme de baunilha coberto por uma camada de açúcar queimado), madeleines (pequenos bolinhos de massa branca com um toque cítrico) e petit gateâu (que na França se chama moelleux au chocolate ou fondant au chocolate).

Para o jantar na sua lua-de-mel em Paris, as opções são vastas… De entrada, você pode provar o francesíssimo fois gras (patê de fígado de ganso) com torradas. Para o prato principal, uma carne que eles costumam servir que não é muito comum no Brasil é pato (no cardápio, vai estar como “canard“) – minha versão favorita é confit (a carne fica assando por horas e horas na manteiga com especiarias, é uma delícia!). As massas, em geral, são maravilhosas também – prefira as que vem com molhos brancos, especialidade dos franceses! Para os paladares ousados, a pedida é o steak tartare – carne bovina crua, picada em pequenos cubinhos, temperada com ovos, cebolas, mostarda, limão, molho inglês etc.

Photos of Le Cinq, Paris
Queijos do Le Cinq (foto: TripAdvisor).

Ah, e não podem faltar, é claro, queijos! O hábito na França é comer um prato de queijos (assortiment de fromages) depois do prato principal e antes da sobremesa. São tantas as variedades (queijos fortes, adocicados, fedidos, brancos, amarelos, moles, granulados…) que vale provar nem que for pela curiosidade!

Onde comer

São tantos os bons restaurantes em Paris… A verdade é que, se vocês entrarem em qualquer bistrô charmoso, as chances de ser uma delícia são altas! Mas aqui vão algumas dicas para vocês se planejarem.

Para um jantar chiquetérrimo (e caro…), a dica é o Le Cinq, o melhor indicado pelos usuários do Trip Advisor…

Photos of Le Cinq, Paris
Foto do Le Cinq: TripAdvisor.

Agora, para um jantar igualmente delicioso, mas num ambiente mais modesto e com um preço beeeem mais em conta, a dica é o La Balançoire. Ele fica no Montmartre, o bairro dos barzinhos e das galerias de arte, e as comidas são muito gostosas!

Aliás, o blog Conexão Paris tem duas listas ótimas: uma com restaurantes românticos em Paris, para as noites especiais, e outra com os bons e baratos, pra não estourar o orçamento da viagem!

Ah, duas dicas de ouro: cuidado com o horário (entre 19h e 20h é uma boa) e não esqueçam de fazer reservas antes. Os restaurantes em Paris lotam rápido e fecham cedo!

E se você passou a lua-de-mel em Paris ou já visitou a cidade, compartilha suas dicas com a gente nos comentários também!

Facebook Comments

1 thought on “Lua-de-mel em Paris: restaurantes e culinária francesa”

  1. Ronaldo Alves disse:

    Muito legal saber mais sobre Paris e sua culinária

    Eu estou nas vésperas de meu casamento e como minha noiva esta cuidando de tudo, queria pelo menos fazer algo diferente na manhã depois do casamento e esses doces franceses parecem uma boa ideia, procurarei receitas e verei se ainda sou bom na cozinha, faz tempo que não faço nada do tipo mas acho que vale a pena agora não?

    Aproveitando a deixa, como voce me ajudou gostaria muito de ajudar em troca, sou desenvolvedor de conteúdo na Web gostaria de oferecer meus serviços ao seu blog. Tenho ideia de um post sobre a dificuldade de se arranjar um apartamento ótimo para se passar a noite depois de um voo desgastante.

    O que acha da ideia? Entre em contato comigo no meu email.
    Até mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *